QUEM SOU EU ???

Minha foto
Alguém que acredita no carisma da "COMUNHÃO",da comunhão de vida,e é justamente por esta razão que quero dividir a minha experiência com Espírito Santo com você. "Se me amais, guardareis os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco... É o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós. Disse-vos estas coisas enquanto estou convosco. Mas o Paráclito, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, ensinar-vos-á todas as coisas e vos recordará tudo o que vos tenho dito.(João 14,15 - 26)".

OBRIGADA PELA VISITA ! ! !

contador de visitantes

sábado, 1 de dezembro de 2012

"O PODER DO ESPÍRITO SANTO FAZ TODA A DIFERENÇA NA VIDA DO CRISTÃO !!!"


Obs: Imagem extraída do site: 
euvimparaquetodostenhamvida.wordpress.com


"O PODER DO ESPÍRITO SANTO FAZ TODA A DIFERENÇA NA VIDA DO CRISTÃO !!!"


Quando medito as escrituras e vejo todo o amor de Deus para com o povo de Israel, escolhido e cuidado de um modo muito especial por Deus e contemplo os milagres, os prodígios que Deus fez na libertação deste povo desde o Egito, na trajetória do deserto, no processo de organização de uma nação com o rei Davi e da pompa do reinado de Salomão... fico maravilhada !!! 


No entanto vem o afastamento deste povo do Deus Único para a idolatria... então me questiono: somos nós também iguais às vezes? Pois recebemos  graças especiais de Deus e depois nos afastamos e negamos o Deus Criador? Negamos o sacrifício de Jesus na Cruz, a nossa salvação? Nós podemos ser diferentes hoje?


E a resposta no meu coração é: "O PODER DO ESPÍRITO SANTO FAZ TODA A DIFERENÇA NA VIDA DO CRISTÃO !!!", Jesus sabia das nossas limitações, por isto nos deu de presente o Espírito Santo e é Ele quem nos faz fiés a graça de Deus e é Ele quem coloca em nossos corações o sentimento de gratidão e amor a Jesus e nos faz reconhecer Jesus como nosso único salvador !!! 


Nós cristãos precisamos admitir que dependemos do Espírito Santo para enfrentar todas as guerras espirituais e delas sairmos vitoriosos, pois: " O PODER  DO ESPÍRITO SANTO FAZ TODA A DIFERENÇA NA VIDA DO CRISTÃO !!!


Autora: Kátia Regina Corrêa Santos
Escrito em: 01.09.2012

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

"CANÇÃO: O CÉU SE ABRE"

"COMENTÁRIO DA CANÇÃO: O CÉU SE ABRE"



Obs: Imagem da capa do CD: "Adoração e vida ao vivo"



"COMENTÁRIO DA CANÇÃO: O CÉU SE ABRE"



A Canção: "O CÉU SE ABRE", do compositor: Gilberto Monteiro, interpretada pelo "Ministério Adoração e Vida", faz parte do CD: "Adoração e Vida ao vivo" é um verdadeiro convite ao Espírito Santo para vim nos fortalecer, encorajar e iluminar nossas vidas e fazer fluir em nós a sua força divina.

sábado, 20 de outubro de 2012

"VIDA CHEIA DO ESPÍRITO"


Obs: Imagem extraída do site:
aureacomics.blogspot.com


"VIDA CHEIA DO ESPÍRITO"


"Não por força nem por violência, mas pelo Meu Espírito, diz o Senhor dos Exercítos" (Zacarias 4,6).

 
É nos possível compreender como a vida cheia do Espírito é a vida abundante, ao pensarmos na obra do Espírito Santo. Ele transforma o caráter, inspira o verdadeiro culto, ajuda os que buscam Cristo a encontrá-Lo, comunica uma mente sã, vivifica todas as faculdades, dignifica e enobrece, faz lembrar a verdade, ajuda os discípulos na luta contra as forças satânicas, defende toda alma contrita, revela as coisas profundas de Deus, revela Cristo em Seus seguidores, coopera na pregação da Palavra, habilita os homens para os deveres da igreja, outorga aos homens os dons prometidos na comissão evangélica, e desenvolve em todos quantos O receberem as maravilhas graças conhecidas como frutos do Espírito.


O Espírito Santo é como ÁGUA - purificador, iluminante, farto e gratuito. É como FOGO - purificador, iluminante. esquadrinhador. É como o VENTO - independente, poderoso, observável em seus efeitos, vivificante. É como o AZEITE - próprio para curar, confortador, iluminante, consagrador. É como a CHUVA e o ORVALHO - refrigerante, abundante, imperceptível, penetrante. É como a POMBA - manso, delicado, inocente, perdoador. É como a VOZ - fala, guia, adverte, ensina. E é como SELO - imprime, assegura, comunica autenticidade.


A vida abundante é a vida cheia do Espírito Santo. O contraste entre uma vida cheia do Espírito  e a que o não é, pode ser ilustrada na diferença entre duas agulhas - uma das quais esta imantada. Aparentemente, podem parecer iguais; todavia, possui oculta virtudes que a oportunidade fará aparecer, e que a outra não tem. A agulha imantada, devidamente equilibrada, habilitará um homem a encontrar sua rota através do oceano, onde não há caminhos. De igual maneira a vida cheia do Espírito poderá ser guia para muitos viajantes no oceano da existência.


"E não vos embriagueis com o vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiano ao Senhor no vosso coração, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus" (Efésios 5,18-21).


Autor: Claudemir Pedroso da Silva. 


Obs: Trecho retirado da Obra: "Devocional Dia a Dia Com Deus", autor: Claudemir Pedroso da Silva, São Paulo: DCL, 2012, página 75. Site da Editora: www.editoradcl.com.br

domingo, 23 de setembro de 2012

"DOM DO AMOR !"


Obs: Imagem extraída do site: recadoface.com.br


"DOM DO AMOR !"


Quando Jesus nos deixou um novo mandamento
para nos amar uns aos outros como Ele nos amou,
ao ponto se preciso for doarmos nossa própria vida,
como ato de amor e coragem pelos outros irmãos,
estaria Jesus exagerando neste seu pedido ?


Acredito que não, pois neste pedido de amor
estava o compromisso de Jesus em nos doar
esta nova capacidade de amar intensamente,
por isto que Jesus nos enviou como presente
a força poderosa do Espírito Santo de Deus !


Somente esta força divina e sobrenatural
do Espírito Santo de Deus para destruir
o ódio, o orgulho, o egoísmo, o comodismo
a ira, a cobiça, a mesquinhez, a maldade
e instalar em nosso interior o Dom do Amor !


O Espírito Santo de Deus com sua docilidade
e seu poder nos inflama a amar de verdade,
a vivermos  o amor como distintivo do cristão,
como Jesus nos pediu: um amor que dá a vida,
que podemos chamar de: "DOM O AMOR !"



Autora: kátia Regina Corrêa Santos
Escrito em: 15.10.2011

domingo, 19 de agosto de 2012

"CANÇÃO PARA ALMA"


Obs: Imagem extraída do site: br.freepik.com


"CANÇÃO PARA ALMA"


Outro dia amanheci muito feliz sem saber explicar o motivo de tanta felicidade, no entanto era bom demais estar feliz, sorrir para as pessoas e pude ver o quanto a vida é bela... Ao longo daquele dia me perguntei o que me levou a este estado de espírito e não sabia a resposta, passei o dia vasculhando a memória para lembrar o que havia acontecido, mais não pude lembrar e muito menos sabia explicar a razão para estar tão feliz.

Passou aquele dia tão especial, no outro dia conseguir lembrar, imagine só, na noite anterior aquele dia eu havia escutado por acaso uma fita com canções que de alguma forma marcaram a minha história de vida: momentos especiais, perdas, sofrimentos, vitórias, alegrias, amores, decisões, além da minha canção favorita, que eu considero a "CANÇÃO DA MINHA ALMA".

Tentar explicar psicologicamente o que as canções desencadearam dentro da minha mente não é fácil, talvez a "Musicoterapia" pudesse explicar, mais o que pude perceber é que as canções me fizeram voar, viajar e ver como num filme tantos momentos, que somando faziam ver o quanto era bom viver, o quanto as experiências da vida faziam com que a própria vida tivesse um significado especial.

Somos especiais, pois a nossa experiência de vida é ÚNICA, INÉDITA e INIGUALÁVEL, pois cada vida é um "DOM", é um filme especial, com um Diretor que acredito ser DEUS, que dirige todas as cenas e conta com um assistente muito eficiente que é o ESPÍRITO SANTO para que as gravações corram muito bem e nós os atores deste filme maravilhoso.

 Mas o fato de estar feliz era porque no fundo me sentia VITORIOSA, por ter vivido e experienciado o "milagre" que é viver, o que é poder sentir-se especial, escolhida, privilegiada e sobre tudo amada por Deus. O amor de Deus que o Espírito Santo nos faz experimentar vai no âmago de nossa alma e nos liberta de tudo e nos faz felizes e realizados como pessoas humanas e divinas.

Descobrir então que a minha alma gosta de canções, elas ficam na memória e de alguma forma, muitas delas me levam a experimentar o sobrenatural, a manifestação de Deus, como na "história de Eliseu que ele pede que um músico toque, enquanto a músico tocava a mão de Deus veio sobre Eliseu" (II Reis 3, 14-20). Descobrir que o Espírito Santo gosta de canções, acredito até que Ele é o grande inspirador de tantas canções maravilhosas que tantos compositores e cantores já lançaram e que marcaram muitas histórias de vida.

Algumas canções me convidam a orar, a agradecer e às vezes me fazem chorar de felicidade e outras canções que considero canções do espírito me fazem experimentar o amor de Deus, mas existe uma canção que acredito ser escolhida pelo Espirito Santo para nossa alma que consegue chegar a nossa essência de uma forma extraordinária que não dá para explicar e que nos toca profundamente e pode até nos fazer cantar de felicidade, eu poderia chamar de uma espécie de "Hino Nacional da Alma", mas eu prefiro chamar de "CANÇÃO PARA ALMA".


Autora: Kátia Regina Corrêa Santos
Escrito em: 25.11.1999

quarta-feira, 25 de julho de 2012

"O ESPÍRITO SANTO É O SENHOR DA SABEDORIA"


Obs: Imagem extraída do site:
brunojpteixeira.blogspot.com



"O ESPÍRITO SANTO É O SENHOR DA SABEDORIA"



Se um dia tiveres sem saída
diante de tantos problemas
e dificuldades em tua vida,
peça ao amigo Espírito Santo:
"Dai-me sabedoria !!!"



O Espírito Santo te responderá,
honrará a tua fé e o teu pedido.
E terás nova visão e nova motivação
para continuar forte na caminhada,
nova iluminação para tua jornada.



O Espírito Santo é Senhor da sabedoria
e derrama desta fonte divina sobre nós
renovando a fé, a força e a esperança.
Ele nos doa um espírito de sabedoria !
Ele nos doa um espírito de vencedor !



Autora: Kátia Regina Corrêa Santos
Escrito em: 21.07.2012

sexta-feira, 15 de junho de 2012

"ESPÍRITO SANTO: PRESENTE DE JESUS"


Obs: Imagem extaída do site: culturamix.com


"ESPÍRITO SANTO: PRESENTE DE JESUS"


Espírito Santo, Tu és um presente,
doado e deixado por Jesus para nós,
por isto tomo posse deste presente
e tenho liberdade para Te chamar:
de meu guia, de meu companheiro,
de meu consolador e de meu amigo !!!


E que presente maravilhoso és Tu !!!
Contigo sei que não estou só !!!
Nesta terra posso sempre contar
contigo, meu amado amigo!!!
Meu parceiro de caminhada,
que me guia rumo ao céu !!!


E que presente lindo és Tu !!!
Meu doce e amado Espírito Santo !!!
Que quis se manifestar de tantas formas:
no brilho das águas no ato da criação, (Gênesis 1,2)
no vento impetuoso e em línguas de fogo
na reunião dos discípulos de Jesus. (Atos 2,1-4)


Te amo meu querido amigo Espírito Santo !!!
Meu amado amigo, fica sempre comigo !!!
Tu me fazes ser forte e me dá coragem
diante das forças do império do mal !!!
Contigo meu amado Espírito Santo,
venceremos limites, faremos proezas !!! (Salmo 108,13)


Autora: Kátia Regina Corrêa Santos
Escrito em: 14.01.2012 

domingo, 13 de maio de 2012

"ESPÍRITO SANTO: VEM SER MEU COMPANHEIRO E MEU GUIA"


Obs: Imagem extraída do site: internetparatodos.blogs.sapo.pt


"ESPÍRITO SANTO: VEM SER MEU COMPANHEIRO E MEU GUIA"


Sei da minha limitação humana,
sei da minha terrível inconstância,
sei dos meus devios da Vontade de Deus.


Por isto preciso de Ti, dependo de Ti,
meu doce amado amigo Espírito Santo,
porque quero ser fiel a Jesus e a Deus Pai.


Forja em mim um caráter determinado,
imprime em meu ser fé, coragem, força,
sabedoria, prudência, ousadia, paz e amor.


Tira do meu ser o comodismo, o egoísmo,
a perversidão, a preguiça, o orgulho e o medo, 
coloca em mim um coração de carne para amar.


Coloca um amor verdadeiro em meu coração,
coloca um profundo sentimento de gratidão,
pelo sacrifício de salvação de Jesus na cruz.


Há! meu doce amado amigo Espírito Santo,
meu Deus poderoso, meu Deus sensível,
vem ser meu companheiro e meu guia.


Autora: kátia Regina Corrêa Santos
Escrita em: 15.11.2011

quarta-feira, 4 de abril de 2012

"COM O ESPÍRTO SANTO SOMOS SOMA E NÃO DIVISÃO !!!"


Obs: Imagem extraída do site: advivo.com.br


“COM O ESPÍRITO SANTO SOMOS SOMA E NÃO DIVISÃO !!!”

Quando nós passamos a ouvir e a conviver mais com o Espírito Santo, Ele vai despertando dentro de nós a verdadeira personalidade e caráter que Deus ao nos criar nos deu e não só isto, vem à tona os nossos dons espirituais e dons naturais, que às vezes desconhecíamos ou mesmo nem sabíamos como utilizá-los para construir o entre nós o Reino de Deus.

Descobrir nesta relação com o Espírito Santo, que somos soma e não divisão, Ele é o “Deus do Amor” e nos inspira a amar e a se doar pelos outros. Com o Espírito Santo agindo dentro de nós com o seu “fogo de amor”, o outro passa a ser um “dom de Deus”, para o nosso crescimento espiritual. Assim como nós também passamos a ser um “dom de Deus” para o outro.

Não sei como explicar este milagre que ocorre no coração humano, pois apesar de sermos tão egoístas, acomodados e medrosos, o Espírito Santo com o seu “fogo de amor” queima estas características que o pecado produz na alma e nos inflama de amor. E este amor nos leva a vivenciar esta nova e grande realidade da comunhão com o outro, de que somos soma e não divisão, realidade que vem da própria Trindade Santa: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.

Mas é bom ressaltar, que é o Espírito Santo, o “Deus da comunhão”, o perito, o especialista, o responsável por despertar e aperfeiçoar esta realidade da comunhão com os irmãos. O Espírito Santo ama através de nós, nos motiva a amar o outro, estabelece a vida da Trindade em nosso meio. Quando deixamos nos guiar pelo Espírito Santo, Ele se torna o “grande protagonista” de nossa história de vida.

O Espírito Santo nos dá sabedoria, nos abre a visão e o coração para ver e sentir este milagre da comunhão com os irmãos. Tomamos consciência desta linda e maravilhosa realidade: fomos feitos no “momento de comunhão de Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo” para sermos “seres de comunhão”, vivendo esta realidade nos realizamos como seres humanos e divinos.

Se observarmos com a sabedoria do Espírito Santo as nossas vidas, descobriremos que elas estão entrelaçadas, interligadas como uma “teia de aranha” brilhando sob o reflexo do sol ou da lua. Com o Espírito Santo, podemos nos olhar com o olhar de Deus e nos vermos como “dom de Deus” para o mundo, para o nosso mundo pessoal onde estão as nossas pequenas relações: família, escola, trabalho, igreja e grupos de interesse. Somos um “dom de Deus” para o mundo inteiro.

Somos um “dom de Deus” e o mais estranho e excepcional podemos contemplar o outro como “dom de Deus” para nós, como presente valioso, isto mesmo somos um presente de Deus para o outro, para o mundo e o outro um presente de Deus para enriquecer nossa existência humana e divina, pois no nosso DNA espiritual está impresso a marca da comunhão, somos frutos da comunhão, soa bem aos meus ouvidos o plural desta frase: “FAÇAMOS o homem à NOSSA imagem e semelhança” (Gênesis 1,26).

Ouvi uma vez uma frase no filme: “Sociedade Feroz”, do Diretor: Griffin Dunne, que me fez refletir: “Nós somos a soma de todas as pessoas que já conhecemos”. Olhei para minha vida e percebi que realmente era verdade, as pessoas que conheci influenciaram minha vida, assim como aquelas pessoas que me conheceram mais de perto foram influenciadas por mim. Pois com o Espírito Santo iluminando nossas relações com os outros conseguimos enxergar que na nossa relação com o outro é sempre soma de mais vida a nossa vida, é pura “adição matemática”. “Com o Espírito Santo somos soma e não divisão !!!”.


Autora: Kátia Regina Corrêa Santos
Escrito em: 28.02.2012

domingo, 4 de março de 2012

"O ESPÍRITO SANTO E O DOM DA PROFECIA"



Obs: Imagem extraída do site: irmaos.net


“O ESPÍRITO SANTO E O DOM DA PROFECIA”


“Acontecerá que derramarei o meu Espírito sobre todo ser vivo: vossos filhos e vossas filhas profetizarão...” (Joel 3,1).

A palavra de profecia ?

O que é isso ?


Ainda hoje, quando se fala do carisma de profecia, é fácil 
perceber que muitas pessoas não o conhecem, é, quando o conhecem, têm muitas dúvidas a seu respeito. Não sabem do que se trata exatamente e chegam a confundir profecia com predições do futuro (MENDES, 2008, p.8).


A palavra de profecia é um dom do Espírito Santo pelo qual, através de uma pessoa que fala, Deus exerce o seu poder. O Senhor mesmo põe a sua palavra cheia de sabedoria, de força e de vida na boca de seus profetas (MENDES, 2008, p.12).


O carisma de profetizar é um dom de Deus, que o próprio Senhor capacitou com a inesgotável força de seu do seu Espírito. Deus conferiu a esse dom autoridade e eficácia para irradiar no coração das pessoas o seu amor e sua salvação. Ele enche de vida quem está se apagando. Dá força àquele que está fraco e abatido. É uma faísca do Espírito que acende a alma dos que crêem e deposita em seu coração tesouros espirituais, graças abundantes, alegria inabalável  e uma poderosa unção capaz de enfrentar e vencer os ataques do mal (MENDES, 2008, p.14).


Na profecia, é Deus que fala para iluminar, para arrancar as dúvidas e as preocupações, para ensinar, aconselhar, advertir, animar, dar alegria e esperança aos seus filhos, a fim de que saibam que Ele cuida deles (MENDES, 2008, p.26).


O Espírito Santo nos previne contra as maldades e ciladas do demônio. Ele nos defende dos ataques dos inimigos. Alerta-nos sobre o que acontecerá para que estejamos preparados. E, quando fala do futuro, é para garantir aos seus filhos que acontecerá para garantir aos seus filhos que estará com eles. Enfim, Ele nos enche de esperança ao dar sinais da presença de Deus em fatos que ainda não aconteceram. Na profecia, Deus revela o futuro não para atender a interesse mesquinhos e particulares, mas sim para salvar os que crêem e ouvem a sua voz:


“Realizaram-se os primeiros acontecimentos anunciados, eu predigo outros; antes que aconteçam, eu vo-los faço conhecer” (Isaías 42,9).


“Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos, mas não as podeis suportar agora. Quando vier o Paráclito, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si bmesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão” (João 16,12) (MENDES, 2008, p.32).


A profecia é uma palavra exata porque é certeira, inspirada e cumpre a vontade de Deus, e não porque tem que ser dita exatamente com aquelas palavras específicas. Ela entra no coração de quem a ouve e transforma aquela pessoa  (MENDES, 2008, p.50).


Para dar a profecia, Deus precisa contar com o homem e a mulher, que são imperfeitos, fracos e pecadores. De certa forma, o Espírito Santo precisa de nós para profetizar. Ele quer consolar, exortar e edificar, mas não tem boca para fazer ecoar a sua voz ou melhor, tem a nossa boca. O maravilhoso está nisto: Ele não despreza ninguém. Contando com pessoas tão limitadas, faz brotar delas uma palavra capaz de penetrar e convencer (MENDES, 2008, p. 51).


A profecia consola porque produz a liberdade que vem da verdade. Não é palavra de qualquer um, mas palavra do próprio Deus está a nosso favor e permanece sempre ao nosso lado. Ela nos faz provar a doçura da presença e da amizade do Senhor (MENDES, 2008, p. 59).


É muito importante ter cuidado com a ambição, pois, como a profecia é dom do Espírito Santo, ela não deve ser usada para outras finalidades que não sejam a glória de Deus e a salvação de seus filhos. Aqui se forma um abismo entre as profecias inspiradas por Deus e as predições de magos, astrólogos, adivinhos, bruxos e invocadores de espíritos. Para estas pessoas, a profecia não é um dom gratuito que jorra do amor de Deus, mas, em geral, um negócio, um meio de ganhar dinheiro (MENDES, 2008, p.67).


Obs: Trechos retirados do livro: “O DOM DA PROFECIA”, do autor: Márcio Mendes, Editora: Canção Nova, São Paulo, SP, Brasil, 2008. Esta obra está na 13ª Edição, faz parte da Coleção Dons do Espírito Santo e  um ótimo instrumento de conhecimento sobre este maravilhoso dom da profecia. Caso queira ler a obra completa, o site de venda é:
http:// editora.cancaonova.com
http://shopping.cancaonova.com

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

"PORÇÃO DOBRADA DO ESPÍRITO SANTO"


Obs: Imagens extraídas dos sites:
profetaelias.worpress.com e blogmania.info


“PORÇÃO DOBRADA DO ESPÍRITO SANTO”


Como Eliseu pediu ao Profeta Elias
porção dobrada do seu Espírito,(II Reis 2,9-10)
nós podemos pedir esta porção,
em dobro do Espírito Santo.


Jesus nos presenteou com esta força:
a força do Espírito Santo de Deus, (João 15,26)
por que sabia da nossa fragilidade,
inconstância, medo, covardia e limite.


Em intimidade com o Espírito Santo,
podemos ir além do pedido de Eliseu,
pedir muito mais que porção dobrada,
pedir o triplo, pedir 100% de força.


Pois uma pessoa transbordando desta força,
deste poder do Espírito Santo é capaz de proezas ! (Salmo 60,12)
O Espírito Santo nos capacita a fazer grandes obras ! (João 14,12)
O Espírito Santo nos faz superar os limites humanos !


Então desfrutemos deste poder, desta força,
deste  presente de Jesus: o Espírito Santo,
sem medo, sem receio e sim com liberdade,
com confiança, coragem e ousadia !


O Espírito Santo de Deus nos ama !
com este poder, esta força poderosa,
nos tornamos mais que super-heróis,
Super-Heróis contra as forças do inferno!


Autora: Kátia Regina Corrêa Santos  
Escrito em: 31.12.2011

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

"O ESPÍRITO SANTO E A ORAÇÃO EM LÍNGUAS"


obs: Imagem extraida do site: paroquiasespiritosanto.com.br




“O ESPÍRITO SANTO E A ORAÇÃO EM LÍNGUAS”


“O Espírito Santo vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos oque devemos pedir, nem orar como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inefáveis” (Romanos 8,26). Ainda hoje encontramos pessoas que nunca ouviram falar desse dom Deus. Encontramos outras que já ouviram a respeito, mas nunca oraram em línguas. Por fim, existem aquelas que já fazem uso desse carisma, mas querem conhecê-lo mais, aprofundar sua experiência e aperfeiçoar sua prática (MENDES, 2007, p.11).


A oração em línguas é um fato concreto, uma realidade na Igreja, e simplesmente quero lhe dizer que tenho visto muitas transformações acontecerem por meio dela, pois ela facilita que a gente se ponha disponível diante de Deus. O dom de línguas não é o maior dos dons, mas é um dom de Deus. Por esta razão, deveríamos deseja-lo, recebe-lo com zelo e usá-lo bastante. Como diz Jesus, “se vós, pois que sois maus, sabeis dar boas coisas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai celeste dará boas coisas aos que lhe pedirem” (Mateus 7,11). O dom das línguas, também é chamado de “glossoladia”, é uma oração que fazemos a Deus. Não é uma mensagem para as pessoas à nossa volta. Ele é um louvor, uma glorificação ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo (MENDES, 2007, p. 19).


Não se trata de uma pregação em língua estrangeira, mas de uma oração pessoal, feita entre nós e Deus, mesmo que isso aconteça dentro de um grupo de oração e em meio a outras pessoas. Trata-se de uma oração feita em língua desconhecida, em que a pessoa pronuncia sílabas, palavras, frases cujo significado ela não conhece. Permite que a boca fale dos sentimentos que o próprio Espírito do senhor lhes sugere. No dia em que experimentei orar em línguas pela primeira vez, fiz uma descoberta fantástica: descobrir que as coisas de Deus são simples, muito simples. Nós é que complicamos. O dom de orar em línguas está entre o que existe de mais singelo, puro e descomplicado. Por isso, a Escritura refere-se aos “gemidos inefáveis”. Existe algo mais simples que um suspirar ou um gemer ? (MENDES, 2007, p.23)


O dom das línguas é oração que vem de Deus. É dom dele, não somos nós que inventamos, mas o Senhor a coloca em nosso coração. Essa oração brota quando resolvemos descansar da nossa fraqueza e insegurança, confiantes no colo do Pai. Não tenha dúvidas de que o Pai atende o nosso chamado (MENDES, 2007, p.25).


A oração em línguas é infalível na intercessão, na súplica para obtermos graças especiais e no combate contra as tentações, porque leva as nossas orações diante de Deus pelo poder do Espírito (MENDES, 2007, p. 26).


Na oração em línguas, falamos não aos homens, mas somente a Deus. Aqui, não se trata de dominar a língua de uma outra nação ou mesmo de pregar o evangelho a povos de línguas desconhecidas. Na oração em línguas, o próprio Espírito Santo ora em nós com sons, com gemidos, numa linguagem que só Deus conhece (MENDES, 2007, p.66).


Deus já nos encheu com seu Espírito Santo. Agora, cabe a nós nos entregarmos pela oração, falando e louvando a Deus. E muito simples: basta abrir a boca e começar a falar, sem planejar as sílabas. Sem escolher as palavras – deixe-as vir pelo coração. É dom de Deus, é graça, mas precisamos cooperar com o espírito Santo.  Aqui, a cooperação é falar (MENDES, 2007, p.26).


O Espírito Santo não força ninguém e não age contra nossa vontade. Esse dom nunca fica fora de controle. Temos total domínio sobre ele. Podemos começar e parar quando quisermos, assim como fazemos quando rezamos em português. Orar em línguas não é uma experiência mística em que não controlamos o que estamos fazendo. A simples cooperação com Deus nos dá todo o bem e toda a graça. É dizer sim a tudo o que Deus quer de nós (MENDES, 2007, p.75).


Os carismas são sinais que acompanham esse anúncio da pregação. Dessa forma, oportuna e inoportunamente, é preciso evangelizar. O dom de línguas nos edifica para essa missão, porque os carismas nos são dados em vista de um objetivo: Evangelizar (MENDES, 2007, p.80).


ALGUMAS ORIENTAÇÕES PARA RECEBER O DOM DE LÍNGUAS:


Gostaria de partilhar com você algumas orientações que podem ajudar a pôr em atividade esse carisma. Se já pedimos, tenhamos fé em que o senhor nos ouviu. Se Ele nos ouviu, vamos colocar em prática o que ele nos deu:


1. Busque um lugar e um bom momento em que você possa se pôr em oração. Entregue seu coração, todos os seus sentimentos, alegria, preocupações, ponha tudo nas do Pai. Faça isso até sentir o seu coração leve, vazio de todo o peso da rotina, das agitações e dos trabalhos do dia. Então, comece a louvar o Senhor, a glorificar a Deus em voz alta, livremente, de maneira despreocupada e espontânea, com frases ora mais longas, ora mais curtas. Por exemplo: Deus é bom, Deus é Pai, Abbá Pai, meu Deus e meu tudo, aleluia etc. vá repetindo muitas vezes a frase que Deus lhe inspirou, que veio à sua mente.


2. Depois de algum tempo fazendo isso, invocando e glorificando o Senhor, abandone as sílabas, deixe-as surgir espontaneamente, sem que elas tenham nenhum significado aparente. Fazendo isso, você dá margem para o Espírito Santo atue, sugerindo-lhe as próximas sílabas. A oração, assim, vai tomando forma, ganhando força, e começa a surgir uma oração diferente de qual quer outra que você já tenha feito, muito semelhante a uma língua estrangeira, mas que lhe é totalmente desconhecida. A partir desse momento, pode-se deixar de lado a própria língua – o português, no caso – e deixar fluir essa nova oração. O Espírito Santo, que nos concede as primeiras palavras em línguas, concederá também muitas outras. Ele mesmo se encarregará de aperfeiçoar esse dom em nós.


3. Não se concentre mais em pedir esse carisma, mas em louvar e glorificar o Senhor que os dá. É assim que ele desabrocha em nós.


4. Louve. Louve bastante ao Senhor todo o bem recebido. Louve-o. Porque se o dom é bom, infinitamente melhor é o doador.


5.  Procure fazer uma experiência comunitária desse carisma, em um grupo em sua igreja (MENDES, 2007, páginas: 81, 82, 83).


A ORAÇÃO EM LÍNGUAS NOS TORNA FIRMES EM DEUS E NOS FAZ CRESCER:


São Paulo faz uma lista dos carismas (I Coríntios 12,4-11). Afirma, depois que a pessoa que ora em línguas cresce  e se edifica a si mesma. Ao mesmo tempo, o apóstolo insiste que todos os outros carismas estão a serviço dos irmãos e da comunidade ( MENDES, 2007, p.84)


Acontece como com uma balança de dois pratos: aquilo que o mundo exalta é desprezado por Deus, e aquilo que Deus exalta o mundo despreza. Um prato da balança sobe e o outro desce. A oração em línguas nos faz crescer justamente porque para orar em línguas temos de ser pequenos. Ela edifica e exalta porque também humilha. Rezar em línguas é humilhar o racionalista controlador que existe em cada um de nós. É reconhecer a fragilidade da nossa oração para nos confiar à oração do Espírito (MENDES, 2007, p. 85).


Deus não é uma ideia, ele é um Pai. Não quer encher nossos ouvidos de palavras vazias, mas de amor o nosso coração. Ele quer renovar nosso coração por meio daquele que faz novas todas as coisas, pois a missão do Espírito Santo é edificar e renovar a Igreja...A igreja é renovada e edificada quando deixamos que o Espírito  faça sua obra em nossas vidas, tornando-nos homens e mulheres novos (MENDES, 2007, p.86).


O CANTAR EM LÍNGUAS:


O cantar em línguas se dá da mesma forma que orar em línguas, apenas vem acompanhado de uma melodia. Algumas pessoas têm mais abertura e facilidade em fazer a experiência do dom de línguas em sua modalidade de canto. É um cantar inspirado e cheio de unção (MENDES, 2007, p.95).


Em muitos momentos, depois de ter orado em línguas, sucede que a oração vá se transformando num canto em línguas. A princípio, esse canto não se apresenta harmônico por completo, mas à medida que avança adquire um novo timbre, sua melodia fica encorpada e se torna profundamente harmonioso. Isso se torna bastante claro quando várias pessoas cantam em línguas ao mesmo tempo (MENDES, 2007, p. 98).


Deus quer que nos conheçamos melhor  e que cresçamos interiormente. Assim, podemos entender por que Paulo não hesitou em dizer:
“DESEJO QUE TODOS FALEIS EM LÍNGUAS...” ( I Coríntios 14,5) (MENDES, 2007, 99).



Obs: Trechos da Obra: “ORAÇÃO EM LÍNGUAS”, do autor Márcio Mendes, Editora: Canção Nova,  São Paulo, SP, Brasil, 19ª Edição, ano 2007. Este livro faz parte da Coleção: Dons do Espírito. Site de venda:  shopping.cancaonova.com